segunda-feira, 6 de julho de 2009

Por você

Pensar não é meu típico

Voar mas não tem opinião

Amar-te e quase impossível

Fazer o que !

Não sinto mais aquela sensação

Fico pensando em você

Pra falar daquela perturbação

Amar-te é um castigo

Deixar-te é uma perdição

Mas se te amar é minha sentença

Assumo-a como uma decisão

Nenhum comentário:

Postar um comentário